sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Companhia de teatro do RN é sucesso de Norte à Sul

Foto Bárbara Paiva: Cia. Pão Doce em Florianópolis SC


A Companhia Pão Doce, de Mossoró RN, estava em Florianópolis SC em agosto, apresentando teatro de rua e de forma inesperada, surgiu o menino Marlon, integrando-se a peça e participando no improviso, encantando a platéia e os artistas da companhia.

“Entre feirantes, buzinas, abraços, campanhas e candidatos, espetáculo aconteceu e o inesperado nos tocou. Marlon, uma criança de energia linda entrou em cena, no finalzinho do espetáculo e ajudou os mocinhos a expulsarem o vilão, foi pajem no casório de Afrânio e Maria Flor, e no final agradeceu junto aos atores. O teatro de rua sempre nos surpreendendo”, diz Romero Oliveira, da Cia Pão Doce.

Esta incrível empatia e espontaneidade, a companhia transmite onde passa, plantando e colhendo sintonia com o público. 

Depois de Santa Catarina, a Cia Pão Doce esteve, dia 31 de agosto, em Boa Vista RR, ministrando oficina para alunos e atores do SESC e comunidade, com 40 participantes. 

Eles já estiveram várias vezes aqui em Caicó, inclusive no Terreiro das Artes do Centro Cultural Adjuto Dias. Integram o Palco Giratório SESC 2016 e atualmente estão com o espetáculo "Casatória c'a Defunta", que conta com texto e música de Romero Oliveira, e direção de Marcos Leonardo. No elenco: Paulo Lima, Romero Oliveira, Raull Davysson, Lígia Kiss e Mônica Danuta. No apoio: Bárbara Paiva, que destaca-se no registro fotográfico das apresentações.

Os artistas potiguares emocionam a platéia por onde passam. A Cia Pão Doce já esteve no Ceará, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Santa Catarina, Tocantins, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Roraima, Rondônia, Amazônia, Minas Gerais, Espírito Santo, Piauí e Pernambuco. 

A Companhia contribui para o destaque positivo do Estado do Rio Grande do Norte, em especial, de Mossoró que tem o título de "capital da cultura" aqui no Estado. 

Anna Jailma - jornalista e blogueira

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Grupo Reflexivo de Homens e Maria da Penha na Escola, tem foco no combate à violência


Em Natal, existe o Grupo Reflexivo de Homens, mantido pelo Núcleo de Apoio à Mulher Vítima de Violência Doméstica (NAMVID) do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), coordenado pela promotora Érica Canuto.

O grupo surgiu em 2012 e vem sendo inspiração para outros Estados do país, devido o resultado surpreendente: tem uma taxa de recuperação de 100%. Ou seja, dos 300 agressores atendidos no grupo, de 2012 a 2015, nenhum teve reincidência.

O índice também levou a uma modificação na Lei Maria da Penha, que teve aprovação recente no Senado:  tornar obrigatório que homens autuados em crimes contra as mulheres, participem de grupos como este, para que a prática da violência não continue.

MARIA DA PENHA NA ESCOLA - Já neste mês de agosto, dia 09, houve o lançamento do Projeto Maria da Penha nas Escolas, em Natal RN, propondo a informação e o debate sobre os direitos da mulher e o combate a violência contra a mulher. O projeto é desenvolvido pela Secretaria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres e teve seu lançamento na Escola Estadual Castro Alves, do bairro Nova Descoberta, na capital do Estado; mas o Governo do Estado pretende expandir para todas as escolas estaduais do RN.


Em outros Estados o Projeto Maria da Penha nas Escolas, já existe, inclusive em 2014 o projeto foi desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal, já promovendo atividades que informem, capacitem e orientem diretores, professores, orientadores e alunos quanto aos direitos da mulher vítima de violência.

No Rio Grande do Norte é alarmante o número de casos relacionados a violência contra a mulher. Neste mês de agosto, em 11 dias, 11 mulheres foram assassinadas. E conforme dados do Observatório da Violência Letal Intencional no RN, 65 mulheres foram mortas aqui no Estado somente neste ano de 2016. 

Para fazer denúncia anônima, DISQUE 180. 

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto: divulgação

Da Serra ao Seridó é sucesso no Sul do país

Da Serra ao Seridó está hoje na Feira das Cidades
em Canoas RS


O jornalista e cineasta Fernando Leão,
em noite de lançamento em Lages SC
Vale registrar o sucesso que é o Seridó. O documentário Da Serra ao Seridó – do cineasta Fernando Leão, mostra as peculiaridades da serra de Santa Catarina e da região Seridó, aqui no RN. O filme é legendado em português BR, inglês e espanhol, e hoje está estreando no Instituto Federal do Rio Grande do Sul – IFRS, no Campus Canoas, durante a Feira das Cidades, evento que oferece oficinas e outras atividades aos participantes.

Recentemente houve visita do cineasta Fernando Leão ao Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC Palhoça, onde houve doação de DVDs de Da Serra ao Seridó para as bibliotecas de outros Institutos Federais como o IF Brasília - Campus Gama, São Sebastião, Taguatinga e Riacho Fundo; IFC Reitoria (Blumenau), Sombrio e Santa Rosa; e para Joinville, via Projeto Surdo para Surdo, além do próprio IFSC Palhoça.


O documentário vem recebendo o devido reconhecimento. Ainda nesta semana, o renomado escritor pernambucano, residente em Santa Catarina, Hélio Jorge Cordeiro, declarou sobre Da Serra ao Seridó, em sua rede social: 

...Os personagens que povoam os lugares parecem saídos de uma grande caixa mágica, que consegue minimizar os sofrimentos e as angústias das vidas que levam, transformando-os em prazeroso desejo de viver. A lida com a natureza, os faz continuar persistentes, em ambos os ambientes, Serra e Seridó, revelando toda a sua humanidade, na vivência de um tempo presente que continua sendo, simultaneamente, o ontem e o amanhã. Da Serra ao Seridó, é um exemplo de como se deve fazer cinema documental, interferindo o mínimo no ambiente estudado. ..” destacou.

Houve lançamento do documentário no ano passado na região Seridó, e o DVD vem sendo reconhecido pela grandeza do conteúdo, em especial pela emoção transmitida pelo olhar do cineasta Fernando Leão através das entrevistas, paisagens, risos e lágrimas, de povos tão iguais; embora, distantes geograficamente.

Anna Jailma - jornalista e blogueira

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

NOTAS SESC SERIDÓ


ECONOMIA DA CULTURA - SESC traz neste fim de semana, Oficina de Produção e Empreendedorismo Cultural, com Tuyanne Medeiros, graduada em Produção Cultural.

A oficina irá tratar da gestão de projetos de produção cultural e suas etapas, sendo portanto, de fundamental importância para associações, ou pessoas que pretendem atuar na área.

As inscrições estão abertas até amanhã, dia 19, e a oficina acontece no sábado e domingo, das 8h30 às 17h30. Para comerciário custa 5 reais, para conveniado o custo é de 10 reais, e para usuários 20 reais. Telefone de contato (84) 3421-2337

Através de bons projetos produzidos é que se pode alcançar também bons investimentos, via empresas sérias e comprometidas com o desenvolvimento social e cultural. 


MAGÃO - Magão de Caicó estará em Natal, RN, de 30 de agosto à 02 de setembro, ministrando oficinas no SESC Cidade Alta e Sesc Ponta Negra.

No SESC Cidade Alta acontece Oficina de Papietagem e Decoração dias 30 e 31 das 13h às 17h, e Oficina de Brinquedos Reciclados dia 01/09 das 13h às 17h

No SESC Ponta Negra, tem curso Fabricando Bonecos Gigantes, de 30/08 à 01/09 das 18h às 21h, e Oficina de Papietagem e Decoração dia 02/09, das 08h às 12h e das 13h às 17h.


Anna Jailma 
Fotos SESC/Divulgação

 

Espetáculo P'S da Trapiá Cia. Teatral apresenta-se em Caicó amanhã e sábado



O melhor ator do Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau 2016, e melhor ator no Festival Ipitanga de Teatro – FIT Bahia 2016, Alexandre Muniz, da Cia. Trapiá de Caicó, estará apresentando o espetáculo P's neste fim de semana, aqui em Caicó.

A apresentação será no Galpão Cultural Cacimba das Artes, amanhã, sexta-feira, dia 19 e no sábado, dia 20, a partir das 20h, com ingresso ao preço de 10 reais. Os ingressos estão a venda na Paraibana Cópias ( xerox do Tadeu), na Avenida Rio Branco 51, centro de Caicó.

O espetáculo recebeu Prêmio de Melhor Ator para Alexandre Muniz e duas Menções Honrosas da Comissão Julgadora: pela Pesquisa da Linguagem e pela Dramaturgia de Gregory Haertel, autor do texto com base na obra de Focault.

Inspirado em “Eu, Pierre Rivière, que degolei minha mãe, minha irmã e meu irmão”, de Michel Foucault, o espetáculo provoca a reflexão e o debate em torno da memória, psiquiatria, justiça e amor desmedido.

Anna Jailma 

SESC Seridó traz "CIRCO DO SÓ ÊU", gratuito, dia 02



Dia 02 de setembro, o SESC Seridó traz para Caicó a apresentação "CIRCO DO SÓ ÊU", com o palhaço  "Zabobrim", que apresenta espetáculo com números de equilíbrio de pratos, macacos em monociclo, hipnose, mágica, acrobacia, música e muita graça, trazendo um mundo de alegria, criatividade e espontaneidade, que encanta toda família.

Para participar basta comparecer ao SESC Seridó, em Caicó, dia 02/09, a partir das 17h. A entrada é gratuita. 

O ator do espetáculo é Esio Magalhães, que tem formação em Belo Horizonte, MG, no Teatro Universitário da UFMG e na Escola de Arte Dramática EAD/ECA/USP.  Ele também tem cursos de Clown, Dança Moderna , Mímica, Dramaturgia Específica para Teatro de Rua, Teatro de Rua, Técnicas Circenses, e curso de Teatro Popular com Antônio Nóbrega, Máscara e Commedia dell’Arte com Tiche Vianna.

Com toda esta bagagem de conhecimento, o espetáculo promete ser grandioso. Participe e leve a turma de amigos, a família, a criançada!

Anna Jailma 
Fotos - Divulgação SESC

Projeto Sonora Brasil traz nova apresentação de violas dia 22







Os músicos Marcus Ferrer e Fernando Deghi 
Na próxima segunda-feira, dia 22, data alusiva ao Dia do Folclore, o SESC traz para Caicó, a brilhante apresentação do Projeto Sonora Brasil, que vem promovendo o intercâmbio cultural entre o som das violas nas mais diversas vertentes, havendo a troca de conhecimento no universo da cultura popular do país, mesclando a música com contos, causos e história de vida destes músicos.

Na noite do dia 22, o carioca Marcus Ferrer e o paulistano Fernando Deghi, que há muitos anos reside no Paraná, estarão no Salão Nobre da Casa da Cidadania, aqui em Caicó – ao lado da Igreja do Rosário – apresentando-se gratuitamente, a partir das 19h30.

Eles irão apresentar a viola no ambiente de concerto com repertório que remonta ao período colonial brasileiro, anterior à consagração do violão como principal instrumento acompanhador na música. E chega aos dias atuais pelo repertório de compositores contemporâneos que representam uma importante fase da música brasileira em que a viola caipira, consagrada no meio rural, abre espaços nas salas de concerto e vira objeto de estudos no meio acadêmico.

Dentro deste projeto Sonora Brasil, o SESC já trouxe este ano, para Caicó, músicos do Mato Grosso, Tocantins, Minas Gerais, e São Paulo. Cada viola, com suas peculiaridades nas características físicas e na sonoridade.

Foto: Divulgação SESC

Anna Jailma 

SESC Seridó realiza curso gratuito para pais de "primeira viagem"




Estão abertas inscrições para pais – mãe e pai – de primeira viagem, no SESC Seridó, em Caicó. O curso é gratuito e as inscrições começaram segunda-feira, dia 08 de agosto.

O curso será realizado de 22 a 26 de agosto, das 19h às 21h, abordando aspectos emocionais da gestação, pré-natal, tipos de parto e anestesias obstétricas, cuidados com o recém-nascido, odontologia na gestação e para o bebê, aspectos nutricionais e aleitamento materno, além das práticas fisioterápicas para gestante e bebê. 

O curso conta com profissionais da área, incluindo médico obstetra, enfermeiro, odontólogo, fisioterapeuta e nutricionista. Agosto é o mês escolhido para incentivar o aleitamento materno, sendo chamado de Agosto Dourado e a campanha é comandada pelo Ministério da Saúde, sendo apoiada pelos regionais do Sesc de todo o Brasil.

Fotos - Divulgação/SESC  

Anna Jailma